A busca por condomínios fechados vem crescendo todos os anos e, entre os fatores que somam para esse crescimento, estão qualidade de vida e, principalmente, segurança.

Porém as construtoras devem estar atentas aos padrões que precisam ser seguidos para a construção em condomínios fechados e, abaixo, listamos alguns itens essenciais dentro do projeto. Confira!

Limites e recuos

Se o condomínio for com casas, esse é um ponto importante a ser levado em consideração. Ter padronizada as dimensões frontais, de fundo e laterais, é fundamental para a construir imóveis proporcionalmente iguais. A ideia é garantir privacidade, conforto e segurança de forma igualitária dentro do terreno.

Altura

Esse ponto é um importante fator em relação à obra. No regulamento interno existe um limite para a construção e o projeto deverá utilizar essas medidas para a construção do imóvel em questão.

Pavimentos

Uma regra bastante parecida com a altura. Pois existem algumas restrições à quantidade de pavimentos na hora de construir o empreendimento. Caso o terreno seja adaptado somente para casas, não se pode comportar mais pavimentos para a construção de prédios, por exemplo.

Cuidados com os reflexos da obra

Uma obra gera impactos no meio ambiente com sujeira e tudo o que envolve uma grande construção. Por isso, é importante gerenciar sempre a limpeza do local de forma adequada, armazenando corretamente materiais e fazendo a utilização de caçambas.

Regras de convivência

Mais do que a hora da construção, a padronização passa também pela parte comportamental. Itens como velocidade de veículos, normas de visitas, barulho e mudanças devem ser estabelecidos de forma prévia.

Esses são só alguns pontos do que deve ser padronizado para uma obra em condomínio fechado. Se gostou deste tipo de conteúdo, continue acompanhando nosso blog para ter acesso a mais materiais como este!

Open chat
Precisa de ajuda?